:: O porque do nome do Blog ::






Celso Blues Boy (Sempre Brilhará)













Um amor para recordar...

O amor é paciente e benigno e não arde em ciúmes.
O amor não é rude nem egoísta, não se exaspera e não se ressente do mal.
O amor não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade
Está sempre pronto para perdoar, crer, esperar e suportar o que vier.








"ed_motta_-_no_meu_coração voce vaisempre estar"

Clique no stop se quiser parar a música.












PERMITA-ME...

(Sussuluz)

Permita-me segurar-lhe as mãos e caminharmos juntos em sua estrada de flores... Permita-me ser sua flor, que desabrochará para a vida e para o amor.

Permita-me fazer parte de seus pensamentos, de seus sonhos, num remanso ao sabor dos ventos, espalhando minhas palavras, levando-lhe paz e muita ternura em todos os seus momentos;

Permita-me ser uma rosa, e com minhas pétalas navegar com ondas de carinho em sua caminhada... Permita-me abraçá-lo com as asas da brisa da aurora, espargindo o orvalho da sensual madrugada.

Permita-me ser a luz que aquece e ilumina seu ser; Permita-me ser seu sol, sua luz, seu alvorecer;

Permita-me ser seu presente, não para fazê-lo esquecer do passado, mas para colorir, perfumar e construir com amor seu futuro, quando você estiver cansado.

Permita-me fazer-lhe companhia, ser uma linda melodia e lhe encantar em seu horizonte solitário, trazendo-lhe alegria.

Permita-me entrar em seu coração...

Prometo-lhe ser suave como uma flor, delicada como um beija-flor... Permita-me apenas, ser seu amor.

COMO PERMITIR?

===Edmen===

Como permitir o que consentido está? Mas se me disseres que teu amor é sincero, assim tanto quanto o amor que tenho por ti, que tanto prezo e venero...

Se me quiseres tanto quanto eu te quero, tanto quanto no coração te espero... Então querida minha, te permito muito mais!

Te permito escrever nossa história de amor, em pergaminho eterno, em palavras perfumadas, essência extraída da mais aromática flor;

Te permito ser a rosa mais formosa, desabrochada assim em meu coração, tão bela, linda e airosa.

Te permito ser para mim a mais linda melodia, a musa inspiração, a poesia extraída deste coração.

Te permito em meu coração a morada, e eu te farei a flor mulher mais amada... Meu pedestal de glórias, meu tesouro, minha relíquia... Minha mais bem guardada jóia.

Te permitirei ser meu caminho, minha estrada... A melodia, a poesia ainda não escrita, ainda não encontrada;

Te permitirei ser meu guia, minha luz meu sol... E quando eu estiver perdido sem rumo, ser minha esperança, minha luz, meu farol.









:: Meu Award ::










:: Oferecemos ::













:: Videos ::




Para assistir deixe a seta do mouse em cima do vídeo sem clicar





Bon Jovi - Misunderstood - legendado BR



Van Halen - Can´t Stop Lovin' You (LEGENDADO)



Scorpions – You and I – Eu e Voce - (LEGENDADO)



Aerosmith Angel legendada em pt br.(LEGENDADO)



dire straits sultan of swing!!



Iron Maiden - The Number Of The Beast – 2001



Van Halen - When it´s love (Tradução)



Amor de Verdade - Paulo Ricardo

















:: Nossos Premios ::

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil
















:: Awards Recebidos ::

































Photobucket




















:: Presentes Recebidos ::























::Já Passou::
01/06/2010 a 30/06/2010
01/05/2010 a 31/05/2010
01/03/2010 a 31/03/2010
01/02/2010 a 28/02/2010
01/01/2010 a 31/01/2010


::Votação::

Dê uma nota para meu blog























Layout by Sandra Vls






e-mail:
semprebrilhara2@bol.com.br











Escrito por semprebrilhara2 às 02h22
[] [envie esta mensagem]






Escrito por semprebrilhara2 às 10h33
[] [envie esta mensagem]




Quando me Amei de Verdade

(Kim McMillen)

Quando me amei de verdade, pude compreender

que em qualquer circunstância,

eu estava no lugar certo, na hora certa.

Então pude relaxar.

Quando me amei de verdade,

pude perceber que o sofrimento emocional

é um sinal de que estou indo contra a minha verdade.

Quando me amei de verdade,

parei de desejar que a minha vida fosse diferente

e comecei a ver que tudo o que acontece

contribui para o meu crescimento.

Quando me amei de verdade,

comecei a perceber como é ofensivo

tentar forçar alguma coisa ou alguém

que ainda não está preparado

-inclusive eu mesma.

Quando me amei de verdade,

comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável.

Isso quer dizer:

pessoas, tarefas, crenças e

qualquer coisa que me pusesse pra baixo.

Minha razão chamou isso de egoísmo.

Mas hoje eu sei que é amor-próprio.

Quando me amei de verdade,

deixei de temer meu tempo livre e desisti

de fazer planos.

Hoje faço o que acho certo e no meu próprio ritmo.

Como isso é bom!

Quando me amei de verdade,

desisti de querer ter sempre razão,

e com isso errei muito menos vezes.

Quando me amei de verdade,

desisti de ficar revivendo o passado

e de me preocupar com o futuro.

Isso me mantém no presente,

que é onde a vida acontece.

Quando me amei de verdade,

percebi que a minha mente pode me atormentar

e me decepcionar.

Mas quando eu a coloco a serviço do meu coração,

ela se torna uma grande e valiosa aliada.



Escrito por semprebrilhara2 às 23h55
[] [envie esta mensagem]






Escrito por semprebrilhara2 às 19h45
[] [envie esta mensagem]






Escrito por semprebrilhara2 às 09h23
[] [envie esta mensagem]




 



Escrito por semprebrilhara2 às 09h18
[] [envie esta mensagem]




Te Espero

(Mano Marques)

 

Onde você está agora?

Até dormindo eu chamo pelo seu nome

Quando a noite vem, junto trás a chance de te ver

Você está dentro dos meus sonhos

Os meus dias já não são iguais depois de você

Eu sei por que meu coração sorri só de pensar

Você é minha chance de poder amar

O que eu preciso está tudo aí

O tempo não diz o quanto eu tenho que esperar

E só uma canção pode atenuar essa saudade

Nossa nova vida começa agora

Tudo que já foi passado, não importa mais

Nossa história só estar começando

Onde você está agora?

 



Escrito por semprebrilhara2 às 09h11
[] [envie esta mensagem]




 

Quando dois corações pulsam no mesmo ritmo,

todo o Universo a sua volta harmoniza-se.

Quando duas almas se encontram e se reconhecem,

o
tempo é mera ilusão e todo o sofrimento,

pequeno espinho do caminho...

As alegrias simples, transbordam do cálice do amor

e os pequenos gestos de carinho,

movimentam turbilhões de sentimentos elevados,

que alcançam as esferas sublimes emocionando até aos anjos.

Esse encontro pode durar um segundo, um mês ou mil anos,

mas será eterno o seu encanto.

E o bem que faz aos dois, multiplica-se para milhões,

pois que funde-se ao amor Divino, objetivo dos objetivos.

Esse encontro pode se dar por um olhar,

por carta, telefone, pessoalmente e até telepaticamente...


O que importa, é que as ações, pensamentos e palavras,

ficarão eternizadas ecoando pelo cosmos,

como ondas de rádio a viajar pelo espaço infinito,

semeando vida e amor.



Escrito por semprebrilhara2 às 22h06
[] [envie esta mensagem]




QUEM SOU EU

Não venha me falar de razão,
Não me cobre lógica,
Não me peça coerência,
Eu sou pura emoção.
Tenho razões e motivações próprias,
Sou movido por paixão,
Essa é minha religião e minha ciência.

Não meça meus sentimentos,
Nem tente compará-los a nada,
Deles sei eu,
Eu e meus fantasmas,
Eu e meus medos,
Eu e minha alma.
Sua incerteza me fere,
Mas não me mata.
Suas dúvidas me açoitam,
Mas não deixam cicatrizes.

Não me fale de nuvens,
Eu sou Sol e Lua,
Não conte as poças,
Eu sou mar,
Profundo, intenso, passional.
Não exija prazos e datas,
Eu sou eterno e atemporal.

Não imponha condições,
Eu sou absolutamente incondicional.
Não espere explicações,
Não as tenho, apenas aconteço,
Sem hora, local ou ordem.
Vivo em cada molécula,
Sou o todo e sou uno,
Você não me vê,
Mas me sente.

Estou tanto na sua solidão,
Quanto no meu sorriso.
Vive-se por mim,
Morre-se por mim,
Sobrevive-se sem mim.
Eu sou começo e fim,
E todo o meio.

Sou seu objetivo,
Sua razão que a razão
Ignora e desconhece.
Tenho milhões de definições,
Todas certas,
Todas imperfeitas,
Todas lógicas apenas
Em motivações pessoais,
Todas corretas,
Todas erradas.

Sou tudo,
Sem mim, tudo é nada.
Sou amanhecer,
Sou Fênix,
Renasço das cinzas,
Sei quando tenho que morrer,
Sei que sempre irei renascer.
Mudo protagonista,
Nunca a história.

Mudo de cenário,
Mas não de roteiro.
Sou música,
Ecôo, reverbero, sacudo.
Sou fogo,
Queimo, destruo, incinero.
Sou água,
Afogo, inundo, invado.
Sou tempo,
Sem medidas, sem marcações.
Sou clima,
Proporcional a minha fase.
Sou vento,
Arrasto, balanço, carrego.
Sou furacão,
Destruo, devasto, arraso.
Mas sou tijolo,
Construo, recomeço...
Sou cada estação,

No seu apogeu e glória.
Sou seu problema
E sua solução.
Sou seu veneno
E seu antídoto
Sou sua memória
E seu esquecimento.
Eu sou seu reino, seu altar
E seu trono.

Sou sua prisão,
Sou seu abandono e
Sou sua liberdade.
Sua luz,
Sua escuridão
E seu desejo de ambas,
Velo seu sono...
Poderia continuar me descrevendo
Mas já te dei uma idéia do que sou.
Muito prazer, tenho vários nomes,
Mas aqui, na sua terra,
Chamam-me de AMOR



Escrito por semprebrilhara2 às 20h41
[] [envie esta mensagem]




É impressionante e emocionante ao mesmo tempo.

Vejam o que faz essa garota Ucraniana.



Escrito por semprebrilhara2 às 18h16
[] [envie esta mensagem]




Sandra

essa é pra vc...

fernando



Escrito por semprebrilhara2 às 03h06
[] [envie esta mensagem]




A DANÇA DO MEU SORRISO
 

Hoje amanheci dançando!

Dancei magicamente com a luz.

Sou a criança do tempo, a cigana dos ventos, o querubim.

Eu canto, eu ando, eu levito.

A canção me seduz.

Quero teu amor! Ah! Eu quero!

Teus pensamentos em mim.

Contornei as curvas da música!

Inseri harmonia nesses gestos.

Dancei sem compromisso!

Ah dancei! Ouvindo a tua canção.

No brilho do meu olhar, vi tua imagem refletida!

Meu manifesto.

Fechei os olhos, suavizei sua expressão dentro do meu coração.

O movimento das ondas!

Esse me faz ondular devagar.

Escutei o som do mar, caminhei sem destino na sua distância.

Ajeitei um ritmo ao meu.

Defini teu compasso pelo ar.

Na balada, acompanhei teus passos, senti tua fragrância.

A tarde surgiu luminosa, pássaros voam ao meu redor.

Há beleza em minha vida!

Um toque natural.

Dedilho essa poesia!

Seu sorriso!

Eu sei de cor.

Pela fresta do vento achei teu momento!

Achei teus segredos.

Entre pensamentos e outros fiz um pacto com a flor.

Ela e eu! A flor e seu perfume!

O poema e meu enredo. A canção que dancei!

Os sonhos que sonhei para te oferecer.

Fiquei o dia inteiro lhe esperando!

A noite apareceu majestosa.

Meu sorriso se fez canto!

Cantei-te para não me perder.



Escrito por semprebrilhara2 às 20h40
[] [envie esta mensagem]




De San para fer...



Escrito por semprebrilhara2 às 23h38
[] [envie esta mensagem]




SENTIR VOCÊ


Quero sentir teu gosto em minha boca

Quero teu corpo todo a minha mercê

Pedindo por meus carinhos indecentes

Um menino safado cheio de tesão,

Quero te seduzir poder te beijar

Dizer palavras "indecentes"

De puro desejo e enlevo

Sussurrar o quanto te quero dentro de mim...

A cada toque sentir você meu

E nos beijos que te der sentir teu desejo

E em cada gesto ver tua pele se arrepiar

Em teus olhos a volúpia que tens por mim.

O mesmo desejo que sinto por você

O mesmo prazer que quero ter

Te excitar, te deixar louco como

Quando tocas em mim,

Quero passear por teu corpo

Como se fosse brisa morna do entardecer

E outras como se fosse furacão no final do dia

Fazer você sentir esse, querer intenso,

Esse querer que não tem fim,

Esse querer que é mais forte

Que qualquer outro sentimento

Esse desejo quase insano...

De te querer sempre perto

De te tocar sempre

De te beijar eternamente

Quando juntos chegarmos ao êxtase...



Escrito por semprebrilhara2 às 15h08
[] [envie esta mensagem]




"Tango e Desejo"
(Andréa Maia)

De negro me visto...

Sob a fenda abusada me exibo!

Do decote insolente salta meu peito arfante,

em busca do seu, agora ofegante!

Mãos coladas pelo suor do desejo, olhos vidrados,

que se penetram na busca de um beijo.

No compasso de um tango vibrante,

ao som de um bandoneon envolvente,

os passos surgem de uma forma deliciosamente inconsequente!

Entre as pernas entrelaçadas,

pés deslizam suaves sobre o chão

e bocas se tocam com sofreguidão!

O negro vestido...

o suor...

o beijo...

nossos passos...

que do mais lindo tango...

se fez desejo!



Escrito por semprebrilhara2 às 00h23
[] [envie esta mensagem]